Senhores passageiros com destino a FANTASIA.

Queiram por gentileza sentar, apertar os cintos e Boa Viagem, Aventura e Entretenimento

Saga Derinarde

Acompanhe a história de nossa família!

Brasil

Que país é esse?

Sonhe

O Mega Canyon - Cuscuz com Picolé

Aniversários do Blog!

Estou feliz pelo aniversário

19/09/16

O julgamento (escrevi em, Setembro/2013) continua valendo

Encerrada esta etapa do julgamento do “mensalão”, muitos dos que conheço e leio se colocaram decepcionados e traídos. Eu não me senti traído porque para ser traído e necessário confiar. Eu não me decepcionei, pois já conhecia as figuras desta história e não tinha nenhuma expectativa.Claro que fiquei triste.Mas nenhuma atrocidade á lei foi cometida. Tínhamos onze ministros.Não foi um que refugou. Não foram seis.Foram onze ministros que debateram e fecharam questão com o tema.Após a votação todos concordaram. Todos os “ONZE”. Todas as pessoas envolvidas não estão lá por acaso.Muitas delas foram eleitas ou nomeadas por eleitos por nós.Se erramos temos que assumir que erramos. Temos que tentar consertar e o conserto pode ser demorado ou rápido. Se quisermos “demorado”, na próxima eleição ou “rápido” indo para as ruas agora.A minha dúvida é:
Será que realmente queremos?Eu não me lembro de uma passeata “contra a corrupção” que tenha tido mais que cinco milhões nas ruas, somos duzentos milhões.Alguns dirão:
A “máquina” cuida para que os outros milhões não saibam, não se manifestem.
Bem, então erramos novamente por não conseguir mostrar isto á eles.Não estou indignado porque os corruptos não pagarão, mas estou indignado porque muitos bandidos, públicos ou não, não pagarão. Muitos crimes que acontecem corriqueiramente não serão punidos. Muitos crimes que nós mesmos cometemos não serão punidos. Estou indignado porque não nos convencemos que fazer o correto,
apesar de mais difícil,
apesar de mais caro,
apesar de todos os pesares,
é o que deveríamos fazer,o correto.

11/08/16

Este lugar.

Alguns acham que viemos para cá, para a terra, para cumprir nossa jornada.Estes “alguns” dão nome para ele lugar.
Chamamos apenas de terra.
Um planetoide sem graça.
Chamam de “paraíso”, de “fase”, de “inferno” e alguns até de “céu”.Tudo depende de crença.Isto aqui nada mais é que um pequeno asco.Calma lá.Não é por demérito que digo isto.Pense...Este é um lugar em que vivemos mal, respiramos mal, comemos mal, mas sujamos bem, desrespeitamos bem, destruímos bem.Está bem...Vai dizer que somos nós os culpados disto?Claro que somos.E, por não sermos evoluídos o suficiente, mantemos toda essa podridão.Acreditamos que tudo irá se resolver, apenas por varrer o lixo para a porta afora.Onde é fora?Estivemos, estamos e iremos nos destruir aconteça o que acontecer.Nossos antepassados destruíram seus próprios antepassados, assim como destruímos os nossos, e os próximos nos destruirão.Prestem a atenção devida.Enquanto estamos na “big” tv de LCD, nas redes sociais protestando, estamos sendo envenenados por nós mesmos.Viemos aqui para estamos e não para sermos, mas ainda não compreendemos isto.Sim, louco, mas real.

17/07/16

Hoje não é o melhor dia para morrer.

Eu poderia morrer hoje, que morreria feliz.



Já fiz bastante coisa na vida.

Já tive muitas alegrias.

Já tornei realidade, muitos sonhos.

Vi meus filhos crescerem.

Vi minhas árvores plantadas darem frutos.

Meu livro está quase pronto.

Estou realizado.

Bem, agora que escrevo isto... Acho que da para fazer mais alguma coisa.

Tá bom. É egoísmo de minha parte, mas pensa bem.

Se eu morrer hoje, vou estragar o seu fim de semana em família.

Vou estragar a sua segunda feira, quem sabe aquela reunião importante...

Eu posso até aproveitar, que o dia está sobrando para mim, e curtir um pouco mais...

Assim não estrago o seu dia e, de sobra, aproveito o meu.

Veja. Sobrará um dia a mais para eu agradecer. Um dia a mais para você curtir.

Todos ganham.

Todos ficam contentes.

Combinado então.

Hoje não é o melhor dia para morrer.


26/06/16

A escolha do parto não é uma questão de saúde, é uma questão comercial.


Recentemente foi baixada uma portaria da ANS (Agência Nacional de Saúde) que aumenta a quantidade de semanas, para 39, na escolha de cesariana.
Sendo assim, o médico e a mãe precisam assinar um “de acordo” para que aconteça antes desse prazo.
Mas por que essa preferência por cesárea ao parto normal?
Simples.
Totalmente comercial.
Em um parto programado, a mãe chega ao hospital com conforto e sem a correria de uma “bolsa rompida”. O médico resolve o parto em 25 á 30 minutos e parte para o próximo. Pode fazer até dez partos em um único dia, enquanto se depender da natureza poderá ser um único.
Mas o custo fica somente para o hospital. E a recuperação, para a mãe, claro.
Não adiantará portaria ou lei para mudar isso.
Uma boa tentativa seria os hospitais apurarem esse custo e dividir com o médico. Grande incentivo.
Em um parto normal a mãe fica, em média, um dia no hospital, e na cesárea, três.
E se esses prováveis dois dias fossem rachados com o médico?
O hospital ganha, o médico ganha e a mãe ganha.
Para um hospital público, quanto menor tempo de internação, maior será o a quantidade de atendimentos, menor o custo e maior a rentabilidade.
É tudo uma questão comercial, a saúde também ganhará, apesar de ser uma razão secundária.


03/04/16

Seremos cada vez mais selvagens

Há muito tempo, quando eu ainda era jovem, em uma aula de ciências no colegial, hoje conhecido como ensino médio, assistimos a um vídeo de uma experiência, onde teríamos de debater relacionamentos.


Bem, a experiência consistia em ter seis camundongos em uma caixa de um metro por um metro. A cada dia, um novo camundongo era colocado na caixa.


Os camundongos viviam pacificamente na caixa, interagindo de forma cooperativa e carinhosa inclusive.


Após o vigésimo terceiro dia, ou seja, após o vigésimo terceiro camundongo colocado na caixa, ou seja mais uma vez, quando existiam vinte e nove camundongos no mesmo metro quadrado, os ânimos foram visivelmente alterados.


Troca de carícias entre os seis ou dez camundongos na caixa foram imediatamente substituídos por agressões gratuitas e repetitivas.


Colocando esta experiência nos dias de hoje é possível afirmar que a caixa chamada Terra começa a ficar apertada.


A cada novo humano que caminha neste planeta, estaremos agitando o ânimo dos camundongos.


02/04/16

Nós e Eles

Nós somos bonzinhos, eles são malvados.

Nós somos bonitos, eles são feios.

Nós somos o remédio, eles são o veneno.

Nós somos a luz, eles são a escuridão.

Nós somos as justiça, eles são golpistas.

Nós somos honestos, eles são corruptos.

Nós somos tolerantes, eles são violentos.

Nós somos, eles não.

Nós, eles.

Nunca seja nós, e nem eles, seja sempre você.

#podrepensamento

31/03/16

Se a Dilma cair, quem vai governar?

Um aviso para vocês que estão angustiados por não saber quem vai governar depois que a Dilma sair. Não interessa.
É. Não interessa. Mas, e se entrar o Renan? Não interessa. Mas, e se entrar o Cunha?
Não interessa. O Tiririca? Não interessa.
Estamos há pelo menos dois anos sem nenhum governo, esta uma bosta, mas só isto. Qualquer coisa é melhor do que está aí. Temos, mesmo, é que nos preocupar em como tiramos os bandidos que estão apinhados no poder. E não será pelo voto, pois eles criaram um sistema em quem nunca perdem. Constituinte para uma reforma política é uma saída. Uma constituinte que faça a reforma e caia fora.
Só assim faremos algo para nosso benefício e não para eles. Constituinte já.

28/03/16

Não consigo entender a frase: “Ela foi reeleita democraticamente”

A governanta não cumpriu a legislação quanto á responsabilidade fiscal, e pior que isto, maquiou para não aparecer o descontrole que ocorreu.


A governanta manipulou os índices de reajuste dos combustíveis, quebrando a maior empresa do país para assim disputar a reeleição.


A governanta manipulou as renovações de concessão das geradoras e distribuidoras de energia, quebrando todo o sistema energético do país.


 A governanta manipulou dados do IBGE para mostrar um país saudável e sustentável.


A governanta participou de esquemas de arrecadação ilegal partidária, desde quando era ministra da casa civil e conselheira da Petrobrás.


Depois de reeleita, outros fatos corroboram para a retirada imediata da presidência.


Continuou com as pedaladas fiscais, já neste exercício.


Obstruiu a justiça ao nomear o seu chefe a um ministério.


Solicitou que a ABIN investigação e escuta ao juiz Sérgio Moro.


25/03/16

Não importa se passaram dois mil anos ou as dose estações

O lojista o expulsou da calçada, pois já estava na hora de abrir loja.

Carregou seus caixotes de papelão que serviram de abrigo durante a noite.

Tropeçou na poça d’água. Tornou a juntar as tralhas e seguiu em frente.

A mulher lhe dá uma fruta e um pedaço de pão.

Um homem lhe entrega outra caixa de papelão desmontada.

A puta olha em seu rosto, vira e vai embora.

O peso da nova caixa o faz ir ao chão.

As “carolas” que conversavam não lhe dão atenção quando pede passagem.

Cai novamente ao desviar dos cavaletes postados na rua com obras.

Ao saltar a cerca do terreno que invade, suas roupas prendem e rasgam.

Já cansado cai “sobre” tudo que lhe resta.

Ali caído fica, até sabe-se lá quando.

Vários dias se passaram até que a ambulância e assistente social o recolhem.

Internado recebe banho, barba e um prato de sopa.

Em três dias retorna ás ruas.


23/03/16

Atenção pessoas de pensamento lento ou privado de pensamentos

O Juiz Sérgio Moro não é um juiz iniciante ou inocente no que faz ou publica.


Nas operações sincronizadas com a polícia federal, são liberadas algumas declarações e informações, seletivas claro, mas não seletivas para partidos ou pessoas, mas seletivas para causar efeitos que faça os criminosos mexerem-se.

Não podemos julgar qualquer coisa ou qualquer um, pois não temos informações completas para tal, bastando-nos aceitar o que está sendo feito, e abuso em dizer, "sem um pio".

Os que se sentirem ofendidos ou injustiçados, que entrem com recursos em instâncias superiores, o que tem ocorrido, porém sem sucesso, mostrando que a polícia federal, os promotores do ministério público e o juiz Sérgio Moro estão fazendo um trabalho correto e dentro da lei.

Não vai adiantar tentar desmoralizar os órgãos competentes que estão, pela primeira vez no Brasil, do lado dos mais fracos que é a população brasileira.

Não temos que defender empresas, partidos ou pessoas. Temos que defender a justiça, a cidadania e o respeito á ética.

Espero que brasileiros se unam como brasileiros e não deem chances á pessoas que segregam pessoas.